Tumores
Pleurais

Tumores Pleurais

Pleura é o nome dado à membrana que envolve externamente o pulmão. Existem vários tipos de tumores – benignos ou malignos – que podem se desenvolver na pleura. O mesotelioma é o mais comum. Quando localizado é, em sua maioria, benigno – quando for difuso é sempre maligno.

De acordo com o cirurgião torácico Ricardo Lucatto Baida, além do mesotelioma, a pleura pode apresentar metástases. “São tumores oriundos de outras regiões do corpo e que podem se instalar nela. É possível ainda a chamada invasão direta da pleura por tumores do pulmão, da parede torácica, mamas, mediastino, esôfago ou de qualquer outro órgão do tórax”, explica.

Tumor Na Pleura

Os tumores pleurais primários não são comuns e se dividem em dois tipos principais: tumores fibrosos localizados e mesoteliomas pleurais malignos difusos. “Os primeiros sintomas de que pode haver um tumor de pleura são dor torácica, desconforto respiratório, fôlego curto, falta de ar ou sensação de peso no tórax”, lista o doutor.
Em caso de apresentação de um destes sintomas, Baida recomenda uma avaliação com um cirurgião do tórax. “O médico fará uso de exames invasivos, como a toracocentese, a biópsia da pleura ou a videotoracoscopia para apresentar o diagnóstico definitivo. O tratamento cirúrgico, acompanhado ou não de sessões de quimioterapia, é a saída para a maioria dos casos”, disse.

Além dos tumores mais conhecidos, Baida ressalta que a pleura pode ainda reservar o aparecimento de alguns tumores incomuns, como os lipomas, endoteliomas, angiomas e cistos. “A maioria destes tumores tem origem no tecido subpleural. O diagnóstico também se dá através da radiografia do tórax e da videotoracoscopia, que podem determinar se será possível a ressecção – retirada da parte do órgão afetado pelo tumor”, finaliza o cirurgião torácico.

Tumor Na Pleura
Tumor Na Pleura

Agende já a sua consulta